Por que um Clube?

 

 

 
 

Um espírito de cooperação

Fazemos mais quando estamos juntos!  A ideia do software corporativo teve como expoente Linus Torvalds, o criado do Linux.  Sem o apoio de uma megacorporação, ele convidou desenvolvedores do mundo todo a cooperar em seu projeto, e com isso conseguiu criar o sistema que é mais utilizado em plataformas de servidores no mundo todo.

Nossos sistemas foram criados após muitos anos de trabalho, eles ficaram muito bons principalmente porque contaram com o apoio de uma base de clientes que fez sugestões e pagou por melhorias constantes.  Nosso carro-chefe, o Klavix, já passou por mais de 500 processos documentados de melhorias e novas funções.

Claro, você poderia criar e vender seu próprio software!  Fizemos isso no passado, quando não havia muitas opções disponíveis.  Gastamos milhares de horas aperfeçoando e melhorando, a um custo muito elevado.  Vale a pena reinventar a roda?

Para enfrentar os novos desafios, optamos por um modelo misto, ele não é código aberto mas é igualmente cooperativo, e o objetivo é fazer com que pudéssemos ganhar com isso, todos.  Não seria possível dar todo o apoio para o cliente sem cobrar por isso, nem manter equipe de desenvolvimento apenas com propagandas.  Juntos, conseguimos:

  • Economia de escala no desenvolvimento de software
  • Troca de experiências entre consultores
  • Fortalecimento da marca
  • Apoio mútuo para situações especiais

Pense no seguinte: você precisa ajudar uma empresa de venda de cosméticos, com representantes em todo o Brasil.  Eles precisam se comunicar e enviar os pedidos online, que tem que ser processados na fábrica em tempo hábil.  É um desafio e tanto, não é?  Você vai precisar integrar vários sistemas diferentes, e vai precisar treinar equipes, etc.  Não é melhor fazer isso em equipe?  Contar com a experiência de quem já fez isso antes?

 Agora pense outra coisa.  Como a sua experiência pode nos ajudar a melhorar?

Queremos pessoas dispostas a trabalhar em grupo, a dividir experiências, contribuir e ganhar juntos.

Por isso um clube, e não apenas mais uma franquia.